bioplastia clinica médica
Clínica de Bioplastia

Preenchimento da Celulite

 Preenchimento da Celulite com Bioplastia Corporal

bioplastia para celulitePara os casos mais severos da celulite, é viável a realização de uma subcisão, processo que consiste em uma pequena cirurgia, sem corte aparente e feita no consultório médico. Após essa etapa, geralmente, é realizado um preenchimento da celulite com o polimetilmetacrilato (PMMA), um produto permanente utilizado na bioplastia.

Etapas da evolução da celulite:

A celulite é basicamente um problema circulatório, de modo que a quantidade de gordura das células determina a passagem de sangue por entre elas, justificando a mudança em sua consistência.

 

PRIMEIRA ETAPA DA CELULITE:

Ocorre um acúmulo de gordura nas células do tecido gorduroso, sem causar alteração da circulação sanguínea, bem como alteração dos tecidos.  É observada a dilatação das pequenas veias, porém, sem sinais visíveis, nem dor.

 

SEGUNDA ETAPA DA CELULITE:

As células adquirem uma quantidade maior de gordura, levando as células mais profundas a repetirem esse processo. É notado certo grau de fibrose que, quando agravado, causa micronódulos, mais observados na fase seguinte. Acontece o aumento do volume das células levando a alterações na circulação, devido à compressão que elas exercem sobre as microveias e vasos linfáticos. Em razão disso, essa região acumula resíduos tóxicos que, geralmente, são eliminados do nosso corpo. Nesse estágio não se sente dor, porém irregularidades podem ser observadas.

 

TERCEIRA ETAPA DA CELULITE:

O contínuo aumento do volume das células, devido ao acúmulo de gordura, leva à desordenação do tecido e surgimento de nódulos, que causam as irregularidades da pele, até mesmo sem a palpação. A circulação fica mais comprometida, ocorrendo o endurecimento do tecido e formação de fibrose. Nessa fase podem aparecer microvarizes e a pele toma o formato conhecido como “casca de laranja”. É notada a sensação de peso e cansaço na perna.

 

QUARTA ETAPA DA CELULITE:

Com o maior inchaço das células gordurosas, o tecido de sustentação endurece — processo chamado de fribrose —, comprometendo ainda mais a circulação. A perna fica com aspecto endurecido e lustroso, além de sentir um frequente cansaço e dor, mesmo sem qualquer esforço.

 

Estágios da celulite segundo a Escala de Nurnberger-Muller:

A Escala de Nurnberger-Muller faz uma relação entre a pele normal até o estágio mais avançado de celulite.

Estágio Zero: sem covinhas na posição em pé, deitada e até mesmo quando submetida ao teste do beliscão.

Estágio um (1): as covinhas não aparecem quando se está de pé ou deitada, porém, o teste do beliscão revela a celulite.

Estágio dois (2): as covinhas ficam expostas quando se está de pé, mas ao deitar-se, elas somem.

Estágio três (3): covinhas expostas quando se está de pé ou deitada.

 

bioplastia para celulite


TOPO