bioplastia clinica médica
Clínica de Bioplastia

Bioplastia de Maçã do Rosto

bioplastia maçã do rostoBioplastia de Maçã do Rosto: O procedimento de Bioplastia de Maçã do Rosto que, nesta região, trata-se de um procedimento que pretende realçá-las, ao trabalhar o contorno do rosto envelhecido. Além da região malar, é possível trabalhar o rosto na região mandibular, mexer na definição facial e tratar a flacidez.

Existem dois (2) aspectos principais que demonstram um rosto com flacidez e envelhecido: a perda de elastina, quando o colágeno que vai diminuindo com a idade; e a perda na volumetria facial, com atrofia da maçã do rosto e perda da definição do contorno facial, que acarreta a diminuição do volume labial e queda da ponta do nariz.

Por se tratar de uma técnica de preenchimento, com a Bioplastia de Maçã do Rosto é viável repor o volume e as proporções faciais como maçã do rosto, mandíbula, lábios e a ponta do nariz, tudo isso de uma forma segura e natural.

Todo o procedimento de Bioplastia de Maçã do Rosto é realizado sem cortes e sem cirurgia. Existem trabalhos que demonstram que cerca de 50% da aparência da flacidez facial se deve a perda na volumetria e não apenas pela perda de elastina e colágeno, como se pensava.

Bioplastia de Maçã do Rosto – Considerações Gerais:

Observados os parâmetros e a harmonia facial do nosso paciente, é preciso diagnosticar e indicar este procedimento. Seu resultado deve ser muito natural e não de forma exagerada, como tenho observado em alguns pacientes. Um aspecto muito importante, também, é decidir junto a ele se realmente é o que ele deseja, e caso exista alguma dúvida, que opte por um implante absorvível. Nestes casos, são anotados a marcação e volume aplicados para uma possível realização, em um futuro próximo, com um produto definitivo. Conforme a durabilidade do implante utilizado, não se vê contraindicação à gradativa “substituição” do produto absorvível pelo definitivo ou uso combinado destes.

Observada a necessidade de realização da Bioplastia da Maçã do Rosto, com consentimento informado e assinado pelo paciente; realizada a limpeza da pele e a posterior fotografia, podemos seguir para próximo passo.

Muitos médicos utilizam um molde padrão para todos os pacientes, o que discordo, uma vez que não existe uma “fórmula de bolo”, nem um molde que fique bem em todos pacientes. Cada paciente possui sua peculiaridade, sua beleza natural, que dependerá do senso artístico de cada profissional, seguindo os padrões conhecidos de beleza.

Quanto ao procedimento em si, é realizada a marcação conforme as necessidades de cada paciente. Caso se opte pelo uso do implante definitivo, precisamos implantar o polimetilmetacrilato (PMMA) o mais profundo possível, sempre com o uso de microcânulas, preferencialmente descartáveis, em plano justa periósteo.

Desta forma, o produto não acompanhará o envelhecimento natural da pele, mantendo-se sempre na mesma posição que a implantada, ou seja, por mais que o paciente envelheça a região malar se manterá na mesma posição e, por estimular colágeno e manter-se como um tecido e não como um gel (ver aspectos gerais do PMMA e sua reação tecidual), ele ajuda a “sustentar” a pele.

Muitos pacientes jovens tanto do sexo feminino quanto masculino, procuram este procedimento como forma de realçar sua beleza, bem como pacientes com mais idade, com certo grau de flacidez e perda tecidual. É natural que com o passar dos anos as pessoas sofrem mudanças que revelam sua idade, como perda de volume malar, perda de contorno facial, ptose do nariz, perda de volume labial, favorecendo o aparecimento de “código de barras”. Perda esta que não fica restrita somente ao tecido conjuntivo, mas leva à diminuição do tecido adiposo, da musculatura e à perda óssea.

Todo este conjunto afeta em muito não apenas no formato do rosto, mas também é responsável por até 50% do aspecto da flacidez da pele. Simplificando, ao repormos a volumetria facial, estaremos minimizando a flacidez. Associado ao estímulo de colágeno, proveniente por alguns produtos, este resultado é ainda maior e, frequentemente, conseguimos um resultados até mesmo superiores a um Lifting Facial tradicional, entretanto, com um aspecto mais natural, pois, estamos fazendo exatamente o oposto ao envelhecimento, repondo volume e estimulando o colágeno.

 


TOPO