bioplastia clinica médica
Clínica de Bioplastia

Bioplastia de Nariz

rinoplastia com bioplastia

Bioplastia de Nariz: Procedimento médico que pode trabalhar o formato nasal sem qualquer intervenção cirúrgica. Mesmo um nariz que pareça ser grande demais, ou com irregularidades no seu dorso (uma giba, por exemplo) na maioria dos casos, ele pode ser trabalhado com a diminuição por adição. Esta técnica se mostrou eficaz, também, no caso de um nariz que foi operado e não obteve o resultado esperado.

Com a Bioplastia de Nariz é possível elevar a ponta nasal e preencher o dorso nasal (nariz adunco) sem cortes nem cicatrizes. Para tanto, é realizada anestesia local e implantado o polimetilmetacrilato (PMMA) no mesmo local, com o mesmo objetivo. Em seguida, é feito um pequeno pertuito para entrada de uma microcânula descartável e inclusão do produto, de forma a sustentar a ponta nasal.

Como o produto utilizado na Bioplastia de Nariz se encontra no estado gel, nos primeiros sete (7) dias é necessário que o paciente permaneça com um curativo auxiliando a manutenção do formato desejado. Este é o tempo que leva até que o produto possa se “solidificar” e manter o resultado conforme o previsto, após isso, o curativo pode ser retirado.

No dorso nasal podemos colocar, conforme necessidade de cada paciente, um pouco de produto acima da giba nasal, o que minimiza, ou acaba, com o aspecto do nariz adunco. Na Bioplastia de Nariz é possível, ainda, elevar a sua ponta e minimizar esta giba, assim, o nariz deverá passar a ter um aspecto menor, com um ângulo nasolabial maior e mais harmônico no rosto.

A Bioplastia de Nariz é diferente dos procedimentos cirúrgicos realizados sob anestesia geral, que consistem na retirada de uma cartilagem, que poderá ser obtida da região da orelha e, posteriormente, colocada na columela nasal, criando um sustentáculo que mantém a ponta do nariz elevado.

CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIO

Não utilizar óculos, principalmente se este ficar apoiado no local do implante;

Antibiótico profilático por cinco dias;

Manter curativo por mínimo sete a dez dias, conforme orientação médica e, se houver necessidade de troca, realizá-la na clínica;

Se possível, lavar cabelo em salão de beleza de modo a evitar que ocurativo se molhe, ou tomar esse cuidado durante o banho.

 


TOPO